Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Só mulheres estragadas e entediadas são atraídas pelo feminismo

Da leitura do excelente livro de Eric Hoffer, "Fanatismo e Movimentos de Massa", nós já vimos que a matéria prima que todo movimento de massas usa para incrementar suas fileiras de soldados é através do recrutamento de pessoas estragadas e fracassadas do mais variado matiz. Mas existem muitos tipos de fracassados e qual é o tipo de perdedora que mais é atraída pelo movimento feminista? Na verdade, não são as mulheres exploradas e oprimidas que são atraídas pelo feminismo; mas as fúteis, desocupadas, mimadas, com bom padrão financeiro e entediadas. Nos primeiros estágios de todo movimento de massa, não só do feminismo, os que mais simpatizam e apoiam tais movimentos são as entediadas e não as exploradas e oprimidas. Para uma fomentadora deliberada de feminismo militante, a noticia de que as mulheres estão entediadas deve ser tão estimulante quanto a de que as mesmas mulheres sofreriam abusos econômicos ou políticos.
Quando as pessoas estão entediadas, é com os seus próprios egos que estão principalmente aborrecidas. A consciência de uma existência árida, sem significado, é a principal fonte de tédio. As pessoas que não têm consciência de sua separação individual, como é o caso dos membros de uma tribo, igreja, partido, etc., não são acessíveis ao tédio. Daí o combate odioso que o feminismo deflagra contra todas as religiões, e contra a familia, pois estas insituitções fazem as mulheres se sentirem parte de um grupo e, portanto, imunes às falácias de doutrinação mentirosas do feminismo. O individuo diferenciado só se livra do tédio quando está dedicado a trabalho criador ou a alguma ocupação absorvente, ou quando está totalmente imerso na luta pela existência. A busca do prazer e a dissipação são paliativos ineficazes.
O tédio é responsável pela quase invariável presença de solteironas e mulheres de meia-idade no nascimento de movimentos de massa, como o feminismo. O tédio das solteironas e das mulheres que não mais podem encontrar alegria e realização no casamento provém da consciência de uma vida estéril, desperdiçada. Abraçando uma causa sagrada e dedicando suas energias ao seu progresso, elas encontram uma nova vida cheia de propósito e significação.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...