Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Alguém como você - Adele

Vejam a musica abaixo, o lamento feminino do amor perdido. Às vezes eu posto alguns clipes de musicas relacionadas às minhas idéias anti-feministas, porque eu acho que devemos usar todas as armas contra o feminismo. A guerra psicológica, a propaganda, a música, a arte, a literatura, a poesia, os filmes, a ficção, podem nos proporcionar um prazer estético e contribuir para o despertar de muitos, fazendo-os enxergar a maldade intrinseca do feminismo e as trágicas consequências da adoção dessa ideologia satânica.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O verdadeiro objetivo da Comissão de Diversidade Sexual da OAB

A famigerada Ordem dos Advogados do Brasil - OAB está promovendo em suas diversas seccionais as chamadas Comissões de Diversidade Sexual. É de autoria dessa nefasta comissão o Projeto de Lei da Marta Suplicy que visa legalizar a pedofilia e proibir, punindo com penas de prisão, quem defender os principios religiosos bíblicos da União entre um homem e uma mulher.
Mas é de se perguntar: Por que os advogados da OAB estão promovendo essa putaria toda e a destruição das familias? A resposta para essa pergunta é muito simples: Dinheiro. Ao contrário dos médicos, que ganham a vida ajudando as pessoas a sobreviverem, os advogados mais se assemelham a abutres ou donos de funerária: eles só ganham dinheiro com a desgraça dos outros. Quantas centenas de bilhões de reais os divórcios já renderam aos advogados da OAB desde que a Lei de Divórcios foi aprovada nos anos 70? Os divórcios, separações, querelas sobre custódia dos filhos foi uma mina de ouro incomparável para os membros da OAB. Quanto mais a população se meter em encrencas, quanto mais divórcios, separações, houverem, mais dinheiro os abutres da OAB vão ganhar. É só por isso que os advogados apoiam o casamento gay. Eles sabem que 99% dos casamentos gays vão terminar em divórcios e separações, porque os gays são promíscuos por natureza e jamais se contentam com um unico parceiro. O casamento gay é a galinha dos ovos de ouro da OAB, a armadilha que os advogados golpistas daquela famigerada entidade estão fazendo os gays caírem.
Por que vocês acham que todas as seccionais da OAB possuem uma Comissão de Diversidade Sexual? Por que vocês acham que a OAB quer aprovar o Estatuto da Diversidade Sexual, que vai legalizar a pedofilia, a zoofilia e vai criminalizar a crítica ao homossexualismo? Ora, com mais essas putarias acontecendo, vai significar mais dinheiro no bolso dos advogados picaretas da OAB, já que um estatuto daqueles vai permitir que todo mundo processe todo mundo.
Eu sei, porque eu sou formado em Direito; mas não exerço essa desprezível profissão porque não aceito as imoralidades inerentes a esse oficio. Me recordo que em uma aula de Direito Processual Civil, o meu professor disse para a sala que nós deveriamos ir em um restaurante, pedir um prato de comida e depois nos recusar a pagar a conta. Se o dono do restaurante mandasse nos prender, nós deveriamos apresentar na delegacia um Habeas Corpus que previamente haveriamos de levar no bolso e que os obrigaria a nos libertar na hora. E no processo que porventura fosse feito contra nós, deveríamos alegar que foi um "furto famérico", que é um furto por necessidade, um furto que ocorre porque o ladrão estava com fome e, por isso, não é passível de punição. Eu levantei a mão e perguntei: Mas e o restaurante que forneceu a refeição, ele não vai receber nada pela refeição que nós comermos de graça? O professor respondeu: Claro que não, a idéia desse exercício é justamente para vocês aprenderem o Habeas Corpus, o furto famérico. Então eu respondi a ele: Mas isso é errado professor, talvez, manipulando o sistema nós consigamos não sermos punidos; mas isso é moralmente errado e não devemos fazer isso, porque nós estariamos roubando o restaurante. Então o meu professor respondeu que nenhum advogado deve seguir a moralidade; mas sim, deve fazer todo tipo de trapaça e truque sujo para extorquir seus clientes. Então ele citou um caso do começo da carreira dele. Um advogado idoso e já conceituado na cidade havia enviado o filho para estudar Direito na Capital. Depois de formado, o rapaz foi trabalhar no escritório de advocacia do pai e pegou uma causa que se arrastava há mais de 17 anos no tribunal, sempre com recursos, intimações, querelas etc, etc. O rapaz pegou a causa, trabalhou nela e em menos de 30 dias conseguiu o ganho de causa para o cliente. Orgulhoso de si mesmo ele foi mostrar ao pai o sucesso dele: Olha só pai, essa causa que estava aqui no seu escritório há dezessete anos sem ser solucionada, eu peguei ela e em menos de 30 dias solucionei o caso e dei ganho de causa para o nosso cliente. O pai olhou para o moço e balançou a cabeça em sinal de reprovação: tsc, tsc, e respondeu: Você é um tolo meu filho. Essa causa foi quem pagou a sua faculdade. A arte de ser um bom advogado não é solucionar rapidamente os problemas dos clientes; mas sim enrolá-los por décadas, tirando deles a maior quantidade possível de dinheiro.
Ai está senhores, o meu professor de Direito Processual Civil nos contou essa pequena anedota na faculdade, para nos ensinar a enrolarmos os nossos futuros clientes para extorquir deles a maior quantidade possível de dinheiro, pela maior quantidade possível de tempo. Eu peguei um tal nojo e repugnância das profissões jurídicas, que desse dia em diante eu decidi que eu mesmo jamais iria me tornar um advogado. Sou funcionário publico atualmente e não pretendo jamais entrar nessa famigerada OAB, que para mim é uma entidade totalmente desprezível.
Agora eu pergunto para os gays: Vocês acham mesmo vantajoso aceitar esse presente de grego da OAB, que é o casamento gay? Agora, com o casamento gay, os homossexuais vão entrar na mesma fria e na mesma enrascada que os heteros: a indústria da pensão alimenticia, partilhas de bens em divórcios, e dos honorários advocaticios. Vão ter que ceder uma boa parte de suas rendas para pagar honorários de advogados, pensões alimenticias e mil e uma outras putarias de roubo e pilhagem que a OAB inventou. Ou vocês achavam mesmo que aqueles advogados picaretas apoiavam essas putarias todas só porque eles acham sagrado o direito à queimação de rosca?

Promotor diz que proibição de casamentos gays não é preconceito


28/08/2013 06h05 - Atualizado em 28/08/2013 07h14

Promotor diz que proibição de casamentos gays não é preconceito
Henrique Limongi vetou duas uniões homoafetivas em Florianópolis.
OAB pediu providências contra o magistrado do Ministério Público.

  O promotor Henrique Limongi afirmou, em nota, que a decisão de proibir duas uniões homoafetivas em Florianópolis, em junho e em agosto, não foi algo preconceituoso ou homofóbico. "É epíteto raivoso. Gratuito. Obra dos desafetos da livre manifestação do pensamento, adversários de ocasião da independência funcional outorgada ao Ministério Público", escreveu ele.
saiba mais
Casal gay entra na Justiça após promotor cancelar casamento
Após veto de promotor, casal gay ganha direito a casamento em SC
Promotor de justiça cancela casamento gay em Florianópolis
1º casamento coletivo homoafetivo de SC está com inscrições abertas

A Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) de Santa Catarina autorizou a partir de 29 de abril deste ano a formalização da união civil entre pessoas do mesmo sexo. Com a decisão, casais homoafetivos podem registrar a união em cartórios de registro civil. De acordo com a entidade, o registro poderá ser realizado sem a observância da limitação de gênero que impõe a legislação, mas ambos precisam residir no estado.
No nota, Limongi ainda comenta a decisão do Conselho Nacional de Justiça que autoriza uniões homoafetivas. "Se tal não bastasse, evoca-se, ainda, o julgamento do Supremo Tribunal Federal alusivo à União Estável entre pessoas do mesmo sexo. Bem de ver, todavia, que jamais se cogitou, na mais alta Corte do País – em recente entrevista, o ilustrado Ministro Gilmar Mendes foi peremptório, a respeito -, de “Casamento”. Limitou-se, o julgado, à União Estável. Mais nada. Nada mais", conclui o magistrado.
Carmem e Priscila vivem juntas há 10 anos
(Foto: Reprodução/RBS TV)

Casamentos cancelados
Em Florianópolis, a decisão de cancelar o casamento da gerente de loja Carmem Abreu de Melo e da coordenadora de projetos Priscila Zanuzzo ocorreu na última semana. De acordo com as duas, o casamento estava marcado para sexta-feira (23), mas a decisão do promotor impediu a realização. "Isso me deixou bem triste. Nunca fui impedida de fazer nada e isso é muito importante pra gente", contou Priscila.
De acordo com Priscila, que é coordenadora de projetos, um funcionário do cartório ligou para ela e informou que o promotor havia impugnado o casamento e se quisesses continuar com a causa, deveriam contratar um advogado e continuar o processo. Na decisão, o magistrado citou um trecho da Constituição Federal que aborda o fato de prestigiar a união, desde que composta por homem e mulher.
Justiça autorizou casamento de Leandro Gomes
após proibição de promotor
(Foto: Reprodução/RBS TV)

Em junho, Henrique Limongi cancelou outro casamento gay e apresentou a mesma conclusão do caso de Carmem e Priscila: só prestigiar união estável ou entidade familiar, se esta for composta por um homem e mulher. Posição da OAB/SC
Na última sexta-feira (23), a Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB-SC) se manifestou contra o promotor Henrique Limongi após a decisão de proibir a união homoafetiva de casais em Florianópolis. A Comissão da Diversidade Sexual do órgão estadual enviou um ofício à Corregedoria Geral do Ministério Público pedindo providências contra o magistrado Henrique Limongi.

Festa de barretos: A degeneração da mulher paulista e o ápice dos playboys

Festa de barretos: A degeneração da mulher paulista e o ápice dos playboys



De sunga, fivela e plaquinha pendurada no pescoço, o produtor de eventos de Araraquara (SP) Jonathan Kauê, de 22 anos, estampou sem preocupação a frase “Me pague uma cerveja que eu beijo sua amiga feia.” A tática, segundo ele, já havia rendido seis latas de cerveja – e seis meninas.
A festa de barretos chega a ser mundialmente conhecida. É a maior festa country do Brasil. E tem forte apelo com o povo paulista e um pouco com os mineiros.
Esta festa que antes celebrava o cowboy (peão) brasileiro e o ritmo sertanejo e já chegou até mesmo até Garth Brooks em 1998, ícone country mundial e um dos cantores mais famosos da história recente americana, hoje nada mais é que uma grande micareta onde a única coisa que lembra a festa é um certo gosto pelo sertanejo de alguns e as roupas típicas.
Estranhamente o sertanejo brasileiro e o country celebram duas coisas, o amor por uma mulher e a vida e contemplação do homem simples da natureza do interior regadas a alcool. Ultimamente ele se voltou um pouco para a pegação e festas. Ainda sim, mesmo duplas e cantores zuados sempre tem o romantismo pela mulher como carro chefe.
Mas em barretos não é isso que se vê. No meu trabalho o agito é enorme pela festa de barretos. Muitos irão. Tem setor com mais homens que irão com força, principalmente os mais novos. O que as pessoas dizem? Que a festa de barretos é mais fácil de pegar que em carnaval de Salvador.
Reportagem da Globo.com me chamou a atenção. Veja isso:
Beijar cem pessoas em um dia. Essa foi a meta traçada pela recepcionista Tatiane Silva, de 24 anos, em sua passagem pela Avenida 43, point de pegação dos jovens durante a Festa do Peão de Barretos (SP). Nos 11 dias do evento, principalmente aos finais de semana, a via fica tomada de pessoas se "preparando" para as noites de shows no Parque do Peão. O clima na avenida é nítido: vai para a 43 quem está a fim de paquerar.


Esta é Tatiana. Ela já beijou 83 homens em Barretos em alguns dias. Mais que 90% da população masculina jamais beijará durante sua vida no Brasil.
Enquanto homens estudam e sacrificam-se pra estudar pra conseguir bons empregos e serem ricos para poderem ter acesso à alguma mulher, uma mera recepcionista inútil de merda de 24 anos, gorda, feia, de dentes amarelados, nariz feio e cabelo ruim é capaz de angariar 83 machos beijando sua lingua em alguns dias.
Na foto acima está a competição do homem pobre na festa de barretos: Sarados playboys que gastam fortes granas com o fino dos esteróides e o fino da alimentação onde pegarão mulheres muito mais que você jamais pegará e de nível muito maior que o seu. Mas vamos nos aprofundar mais nisso. Leia este trecho:
(…) o engenheiro elétrico Apollo Lemos, de 24 anos, viaja de Macaé (RJ) para Barretos há seis anos consecutivos. O figurino inusitado de Lemos – bota, sunga, fivela e chapéu – já havia conquistado 33 mulheres em menos de duas horas. “É o clima da festa. Todo mundo vem para se divertir. A pegação na Avenida 43 faz parte de Barretos, faz parte da Festa do Peão."



Blasfêmia: A festa que deveria celebrar a força de vontade do peão do interior e suas baladas pela amada prendada do interior hoje é tomada por homens de sunga regados a clenbuterol, tatuagens e visuais bizarros
Se você leu bem, nosso playboy carioca acima já beijou na boca 33 mulheres. Leia de novo: 33 mulheres. Observe o visual do rapaz: Sunga rosa e branca: Bota: óculos escuro.
Este é o homem que a mulher paulista gosta. São 33 mulheres que ele beijou com a máxima facilidade pois a maioria se ofereceu pra ele. Nem contamos quantas ele irá comer.
Dessas 33 mulheres, 100% delas irão se casar. O marido destas mulheres muito provavalmente serão homens de boas condições financeiras pois paulista não aceita pobretão. Para conseguir essa situação financeira, todos os futuros 33 maridos dessas vacas paulistas ralaram duro para conseguir comprar seu carro, conseguir um bom emprego, pagar o casamento, a prestação do futuro imóvel e ralarão por décadas para sustentar os filhos que terão com esses 33 mulheres que foram beijadas de forma fácil e traçadas pelo playboy carioca de sunga rosa fortinho.
De um lado, as mulheres ficando com mais homens em um dia que qualquer homem ficará em sua vida ficando com a ralé dos playboys por causa de seus músculos. Do outro playboys riquinhos de vida fácil, que passam horas na academia regados a suplementos e esteróides caros durante o ano todo pegando geral, pegando o fino das mulheres tops e passando o rodo total nas medianas.
E no meio você. Você que rala estudando todo dia pra passar naquele concurso sonhado. Você que estuda pra ser o melhor na área privada e faturar rios de grana. Ralando pra entrar pra facul. Pra ser promovido. Economizando centavos para ser mais rico. Gastando rios de grana em carrões, imóveis, roupas. Lendo livrinhos de pegar mulher. Viajando pro exterior pra ser mais atraente.
Tudo pra um dia se casar com as vadias que vimos agora em barretos que foram beijadas e comidas com segundos de conversa por playboys pau no cus de vida fácil mas que ignorariam você também em segundos nesta mesma festa. Beijo de lingua e sexo louco pro fortinho de sunga; casamento, greves, filhos, gastança e reclamações para o certinho trabalhador que é você.
Pobretão do meu Brasil: Você irá aceitar que as degeneradas brasileiras façam isso com você?

Fonte: http://vidaruimdepobre.blogspot.com.br/2013/08/festa-de-barretos-degeneracao-da-mulher.html?showComment=1377621552963#c879994937079931017

Livro GRÁTIS: Como colocar o Feminismo e suas seguidoras de joelhos e implorando perdão

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Momento Al Bundy: A filosofia sobre a cerveja

Como desmascarar uma Feminista



Apesar das feministas, este é um mundo maravilhoso



Eu quero ser livre



Evite ser ferrado por feministas e manginas – Introdução


Evite ser ferrado por cavaleiros brancos, feministas e manginas – Introdução

Ativismo Masculino,
John The Other,
Macho Zeta,
Sobrevivendo no mundo vaginante

por Barão Kageyama

por John The Other
Indo à guerra

Anos atrás, eu esbarrei num artigo chamado O Catálogo de táticas de intimidação contra homens. É uma lista com 16 falácias lógicas comumente usadas por feministas para humilhar seus opositores e silenciar qualquer contra argumento. A blogueira Female Masculinist fez uma análise ainda mais acurada. Cópias destes catálogos de táticas intimidatórias ficam sempre na área de trabalho do meu computador e se mantém como uma ferramenta valiosa para lidar com as mentiras e abusos que os masculinistas sofrem quando entram em algum debate.
Desde que este documento foi criado, o movimento masculinista americano evoluiu bastante. Especificamente, os inimigos do homem que dominam a grande mídia não fazem mais de conta que não existimos, e estão começando a nos atacar. Chegando até a ataques pessoais, o que só mostra como estamos crescendo e começando a incomodar. Entretanto, quanto mais nos desenvolvemos, novas táticas devem ser criadas para que nós possamos lidar com os novos problemas que surgem.
Não somos mais um mero movimento de protesto, estamos determinados a mudar a mentalidade desta guerra.

O uso da palavra “guerra” lhe parece exagerado?

Se você é novo nas leituras masculinistas, ou uma feminista ou apenas um idiota, você precisa de um pouco mais de conteúdo para perceber o sentido deste artigo. Recomendo ler este pequeno resumo do que está acontecendo: O sumário do Ódio.
Esta é uma guerra movida contra os direitos humanos, e aqueles que se indentificam com a causa masculinista são uma minoria lutando contra um gigantesco e deturpado senso comum. Tentativas passadas e atuais de tentar a todo custo destruir e atrapalhar o homem como um indivíduo independente mostra que estamos apenas no começo de uma luta que vai ficar mais e mais feia. Enquanto nós tentamos sempre lutar de forma ética e sempre usando de uma retórica verdadeira, nossos oponentes não estão nem aí para honestidade, e nem devemos esperar isto deles. Há muito dinheiro rolando para denigrir a masculinidade, e tudo o que fazemos é ameaçar a fonte de renda deles.
Então, um documento demonstrando tais táticas intimidatórias é necessário. Um nome lógico para isto seria “Manual de Defesa Pessoal contra táticas de difamação”. Precisa notar que a adoção de táticas defensivas não significa a adoção de uma estratégia total de defesa. Na verdade, mais discussões devem ser feitas neste quesito e também na criação de táticas mais ostensivas. A defesa que se propõe neste artigo deve ser tratado como manobras básicas de proteção para alguém que vive num ambiente hostil. Ou seja, o ambiente ocidental presente, uma sociedade onde os homens são atacados de todos os lados, mas onde ninguém faz nada para se defender. Esta leniência com aqueles que nos pisam precisa acabar.
Quero relembrar que com este artigo minha intenção é que outros se mobilizem e criem seus “manuais” de defesa. É um começo. Um “Manual de Defesa Pessoal contra táticas de difamação” completo talvez seja algo impossível, mas um guia como este pode ser bem mais útil do que um simples guia de táticas de intimidação.
Só porque você é paranóico, não significa que as coisas serão mais fáceis para você.
Como um homem, você ainda tem alguns direitos, mas só no papel. Na prática é quase nenhum. Você está a mercê de mulheres e de um sistema jurídico viciado que te vê como culpado somente por você ser homem, e irá fabricar provas contra você por qualquer crime que te acusem se a acusadora for uma mulher. Parece exagero? Então, você não deve ver as notícias. Se você é adulto, trate de ficar esperto e tome algumas medidas para se proteger, pois se for depender da lei estará ferrado.
Evite ser ferrado por cavaleiros brancos, feministas e manginas – Proteja seus dados e tenha provas ao seu favor

Ativismo Masculino,
John The Other,
Macho Zeta,
Sobrevivendo no mundo vaginante

por Barão Kageyama

leia a introdução aqui.

por John The Other

Abaixo, recomendarei algumas ações para que você possa evitar ser ferrado. Lembrando que este é um “manual” incompleto e aberto à sugestões. Algumas sugestões não eram do artigo original, eram comentários que leitores do artigo fizeram e fiz por bem adicioná-los ao artigo, pois também são dicas valiosas.
Veja o que seus inimigos estão falando de você

Quando usar isto: o tempo todo

Use o Google Alerts: http://www.google.com/alerts

Esta é uma ferramenta online que monitora conteúdos que tenham a ver com termos escolhidos por você que a ferramenta de indexação do Google encontra.
No mínimo, seu nome e seu usuário online devem ser vigiados – assim você saberá quem está mentindo sobre você, e quando ele fez.
Grave certas conversas telefônicas
Quando usar isto: antes de uma transa, depois de uma transa, antes de uma separação, durante uma separação.
Se a lei do país/estado/cidade permitir fazer isto, você pode gravar ligações feitas em seu celular usando uma miríade de programas.
A plataforma Android faz isto facilmente com um programa chamado “sanity”, feito por Cristiano Tagliamonte:

http://www.appbrain.com/app/sanity/cri.sanity

Use isto cada vez que você transar com uma mulher pela primeira vez. Ligue para ela logo depois, na verdade faça isso imediatamente depois que sair. Não dê chances que ela não responda. Fale mansinho, pergunte a ela o quanto ela gostou, seja doce. E não se esqueça: GRAVE A CONVERSA, porque esta conversa pode ser usada no futuro para livrar sua barra contra uma falsa acusação. Se ela resolver te acusar falsamente de estupro, esta gravação pode salvar o teu rabo.
Quando legalmente possível, use um gravador.
Uma miríade de programas para celular podem ser usados para fazer gravações – mas infelizmente celulares são mantidos em bolsos, o que pode atrapalhar na gravação da conversa. Um microfone externo disfarçado pode reduzir este problema.
Mantenha um diário do seu relacionamento
Quando usar isto: antes, durante e depois de se relacionar com uma mulher.
Isto pode ser muito útil em divórcios, separações e brigas domésticas.
Se você se encontrar numa guerrinha com sua mulher ou namorada, um mero diário com a história do seu relacionamento pode te salvar de ir para a cadeia. Um histórico anotado anteriormente pode revelar os motivos de um ataque aparentemente sem sentido de uma ex. Use um caderno que não seja aqueles de espirais, para não ter as páginas facilmente removidas por alguém inescrupuloso. Aliás, nunca arranque páginas de seu diário, pois isto pode ser usado contra você como manipulação e ocultação de fatos.
Faça backups importantes em mídias removíveis
Quando usar isto: o tempo todo.
Você é cuidadoso e se protege guardando provas como emails, mensagens de texto e gravações. Mas se você perde acesso ao pc que isto estava gravado de nada vai adiantar, não é?
Guarde estes arquivos numa mídia removível – e o guarde em um local separado.
Um disco rígido externo de alguns terabytes não custa mais que algumas centenas de reais.
Jamais compartilhe senhas de suas contas e mantenha seus dados e arquivos seguros
Quando usar isto: o tempo todo.
Este é um erro que é feito por muitas pessoas aparentemente inteligentes e é fácil de ser evitado só por entender a natureza de contas digitais. Por contas digitais estou falando de email, msn, indentidades online, internet banking, senha de cartão de crédito, contas do google e outras tantas.
Uma conta digital com um usuário e senha é uma identidade, e se são usuário e senha seus, então é SUA indentidade. Se sua mulher fosse pegar seu dinheiro no banco disfarçada de você seria um crime, mesmo com a sua autorização. Se você compartilha senhas, você está encorajando ela se passar por você. Mesmo num bom relacionamento, isto é uma péssima idéia. Sua identidade digital é sua identidade.
Não enteder este conceito simples pode levá-lo pra cadeia. Ou perder dinheiro, contrair dívidas e até mesmo perder suas posses.
Não compartilhe seu computador. Pode ser difícil isso. Muitos casais compartilham apenas um computador, na maioria das vezes. A resposta é contas separadas. Se você é dono da máquina – NÃO PERMITA que ninguém além de você tenha acesso as funções administrativas, um usuário com permissões básicas já é mais do que suficiente – e é mais do que e dou para aqueles que usam o meu computador.
E se você compartilha um pc com contas separadas, sempre dê log off quando se ausentar do computador por um tempo, e não compartilhe sua senha.
Se você acha exagero, pense neste cenário bem provável: sua namorada está nervosa contigo, ou está te trocando por outro, ou você está trocando ela, o que a faz ficar cheia de ressentimento e vingativa. Ela usa o seu pc, acessa algum site de pedofilia, baixa algum material ilegal e o deixa em alguma pasta do seu computador. Depois ela liga para a polícia e inventa que você batia nela. Enqaunto a políca está fazendo o BO, ela “sem querer” fala de seus estranhos hábitos pornográficos.
Agora você está ferrado, com uma bela acusação de agressão – e pior – e de pedofilia nas costas, porque você achava antes de se separar que um “relacionamento é feito sobre a confiança”. Na verdade é, mas se você tem isto em mente quando compartilha contas de usuáruo, bem, você está ferrado.
Ainda acha que compartilhar senhas não tem nada a ver?
Observem também que se seu pc é formatado em FAT32 você NÃO PODERÁ impedir os outros de acessarem suas coisas. O hd deve ser formatado em NTFS, pelo menos, já que ele tem uma gama bem maior de permissões que podem ser aplicadas aos arquivos, como quem pode acessá-los, modificá-los, apagá-los, etc.
Se você não sabe como fazer isto, pode pedir para algum técnico salvar todos os seus arquivos, formatar o pc novamente para NTFS e até pedir para ele já adicionar algumas permissões. E aprenda também a lidar com as permissões de arquivo do NTFS, há diversos guias por aí.
Caso ela venha questionar o porque disto, diga que o NTFS é um sistema de arquivos melhor, mais estável e mais rápido que o FAT32 (tudo verdadeiro). Você não tem que ficar falando os reais motivos disto e se ela tentar acessar informações protegidas, provavelmente ela não vai ficar reclamando que não conseguiu (e se assumir como bisbilhoteira).
Você também pode usar um disco/partição encriptado por programas como o TrueCrypt, que é um programa free e open source. Com este programa você pode ter 2 senhas diferentes, no caso de precisar “provar” que não há nada demais ali. Uma senha só irá liberar alguns arquivos que você deixar, e o outro irá liberar todo o resto que você quer proteger.
Mantenha senhas grandes, de 10 a 14 caracteres e usando caracteres diferentes. Uma frase como senha como “a aguia pousou” ou uma sigla como hdd@mrutc (hickory dickory dock…) é melhor que coisas que podem ser previsíveis, como p@$w0rd. Uma palavra sem noção como 0rang3tlg3r também é algo interessante.
Outra idéia interessante é usar um sistema operacional portátil, como o Ubuntu, que pode ser instalado num Pendrive e ser carregado junto contigo. Ainda unindo as vantagens que você carrega o seu sistema aonde quer quer vá e não deixa traços no pc que você vai usar. É uma boa maneira de proteger seus dados e sua integridade.
Evite ser ferrado por cavaleiros brancos, feministas e manginas – Lidando com mulheres

Ativismo Masculino,
John The Other,
Macho Zeta,
Sobrevivendo no mundo vaginante

por Barão Kageyama

Não leu algumas das 2 primeiras partes?

clique aqui para ler a Introdução.

clique aqui para ler a 2ª parte, “Proteja seus dados e tenha provas ao seu favor”

por John The Other

Abaixo, mais recomendações sobre ações a serem tomadas para que você possa evitar ser ferrado. Lembrando que este é um “manual” incompleto e aberto à sugestões. Algumas sugestões não eram do artigo original, eram comentários que leitores do artigo fizeram e fiz por bem adicioná-los ao artigo, pois também são dicas valiosas.
Evite fazer favores

Nunca ajude a pegar coisas pesadas, consertar coisas e nem ofereça seus serviços esperando que ela irá transar com você. NUNCA.
Qualquer mulher que querer transar com você, irá fazê-lo por que ela terá vontade de fazer isto. Ser o escravinho dela só dará poder para ela e te fará cada vez mais nojento aos olhos dela.
A não ser que você seja um galã, dificilmente você vai carregar aquele móvel pesado e ser recompensado com sexo por isto.
Mulheres e ambientes de trabalho
Se tem mulheres em seu ambiente de trabalho – como colegas, estagiárias, clientes, chefes, etc – trate-as com neutralidade. Não fique de papinho, não fique fazendo macaquices, não as trate como seres “especiais” de forma alguma. Só seja profissional e as trate com educação, como você faria com qualquer homem num ambiente deste.
E não fique encarando elas, mesmo se elas estiverem vestidas como prostitutas ou com aquele decotão.
Não são as regras de recursos humanos de uma empresa que falam que homens e mulheres são robôs que podem assumir qualquer função? Trate-as como um robô trataria o outro: com racionalidade, frieza e honestidade, sem frescuradas emotivas ou bobagens do estilo “viva a diferença!”
Alertas vermelhos num relacionamento
Em relacionamentos amorosos, mulheres tem praticamente o poder absoluto. Todo o homem num relacionamento romântico deve sua liberdade, suas posses e outras coisas às vontades e caprichos de sua esposa ou namorada. Fazendo uma alegoria, um marido ou um namorado é um homem andando pela vida com uma arma invisível apontada para ele. Sua esposa ou namorada é que está com o dedo neste gatilho imaginário.
Como um homem, você dificilmente será destruído social, legal ou finaceiramente se não se envolver com um casamento. Mas como homens são animais sociais, eles sempre procurarão ter relacionamentos amorosos com mulheres. O que ele pode fazer para evitar acidentes de percurso é ter um pouco de atenção e seguir algumas regras básicas.
Jamais se envolva seriamente com mães solteiras

Uma mãe solteira geralmente escolheu ter ou criar seus filhos sozinha. Isto demonstra valores terríveis e egoístas. E também demonstra que ela só vê os homens como meros bancos de esperma e pagadores de pensão, e NÃO como um marido e pai de seus filhos. Se você se envolver demais com ela, provavelmente você será o próximo “caixa eletrônico” dela, pagando as despesas de um filho de outro homem.
Em adição, a não ser q ela deteste o próprio filho, é claro que ela sempre dará mais prioridade ao filho dela do que a você. Isto não será problema se você leitor gostar de ser visto como mero objeto a ser explorado. Se você se considera assim, caia fora daqui imediatamente, imbecil!
A criança, é claro, não tem o mínimo laço afetivo com você, e pode facilmente te acusar de alguma coisa só para te contrariar. A recompensa para ela é imensa e a penalidade para ela é praticamente nula, mesmo se ela for descoberta.
Não se envolva seriamente com mães divorciadas
Razões semelhantes com o tópico “Jamais se envolva seriamente com mães solteiras”, juntando-se ao fato que por volta de ¾ delas são as mais experientes abusadoras de homens na Terra, já tendo feito acusações falsas num divórcio, tendo feito outros tipos de abuso, inclusive infantil, sendo assim falar que ¾ delas são perigosas não é exagero. Elas são os tubarões mais perigosos no mar dos relacionamentos.
Jamais se envolva seriamente com prostitutas/strippers
Elas vivem em um ambiente onde ganhar dinheiro com seus corpos é algo comum. No caso de strippers, clientes dão dinheiro para elas por nada, praticamente. Se você se relacionar com este tipo de mulher, estará lidando com uma que te verá apenas como mais um “cliente”. Em adição, ela pode roubar suas coisas, atrair maus elementos como traficantes e cafetões e geralmente podem ferrar bonito com sua vida.
Não bastando isto, geralmente profissionais do sexo são mulheres com alguma desordem mental, propensas a serem violentas, mentirosas, histriônicas e a fazer barracos por qualquer coisa.
Jamais pague prótese de silicone para ela
Seios de silicone são atrativos sexuais. Se sua namorada quer um, é porque ela quer atrair ainda mais a atenção masculina, e geralmente é o homem que tem que pagar uma cirurgia dessas. Seria a mesma coisa que seu chefe abrir uma vaga de emprego na mesma posição que você trabalha, sendo que só você é suficiente para a função. Seios siliconados significam que você está prestes a ser trocado. Se você pagar por eles, você é um imbecil.
Não fique perdendo muito tempo com namoros

É claro, isto não significa que você vai virar um monge e parar de transar. Quero fazê-los pensar que transar e ter encontros são duas coisas diferentes.
O namoro é um artefato dos tempos do casamento tradicional. Isto implica em papéis definidos e conceitos como namoro. Tudo isto põem os homens numa posição de desvantagem, tanto financeiramente, socialmente e por fim, legalmente. Leia os artigos do Roissy para saber melhor como ter sexo de mulheres sem se comprometer, tanto emocional quanto financeiramente. Ou, simplesmente vá a uma prostituta. Ficar perdendo tempo com encontros, com o modelo tradicional em que um homem paga por tudo e ainda se arrisca a não ter sexo, é praticamente como ir a um programa com uma prostituta que talvez faça seu serviço. Um namoro para o homem geralmente trás problemas que superam em muito os seus benefícios.
Use camisinha, sempre
Sempre use camisinha (ou faça uma vasectomia, caso faça questão de transar sem camisinha com parceiras fixas) se você for fazer sexo com uma mulher em idade fértil, não importa a situação. É preferível negar o sexo do que se arriscar a pagar uma pensão por anos e anos depois. E tome cuidado com golpes sujos que estão sendo aplicados ultimamente, e são sujos mesmo, como mulheres que pegam a camisinha usada do lixo e se inseminam com ela. Não tem jeito, é o seu DNA, você que irá pagar. (NT: Uma coisa que eu queria adicionar aqui é a “pegadinha” do anti concepcional. Mulheres que mentem ao seus parceiros que estão tomando a pílula, mas na verdade não estão tomando para poder engravidar. A desculpa principal é porque com o filho ela tem a intenção de “segurar o homem”. Não caia nessa armadilha)



Este é um documento incompleto. A intenção é tentar construir uma enciclopédia virtual de Defesa Pessoal Masculina. A intenção é cobrir desde proteção contra falsas acusações, o que fazer se uma for feita contra você a até mesmo como se portar durante um processo de divórcio (incluindo como prevenir um por apenas não se casar, é claro) e prevenção de fraudes de paternidade.

fonte: http://www.avoiceformen.com/mission-and-values/dont-get-fucked/



O sumário do ódio feminista contra os homens

O sumário do ódio

por Barão Kageyama

por John The Other

Abaixo, vai um resumo das coisas que estão acontecendo nos EUA e em outras partes do Ocidente que precisam de uma ação mais ativa por parte do movimento masculinista. Os assuntos expostos abaixos já são discutidos com mais detalhes em outros locais. Neste artigo, eles são dispostos em uma lista, consolidada de uma forma prática para se poder ter uma melhor idéia do problema.
Falsas acusações de estupro

Homens são rotineiramente presos por serem vítimas de acusações falsas e criminosas de estupro ou abuso infantil. A polícia, os advogados e juízes são complacentes com este abuso da lei.

Exemplo: Um promotor corrupto no Maine está está processando baseado em acusações falsas Vladek Filler por estupro:

http://falserapesociety.blogspot.com/2011/03/prosecutors-conduct-in-vladek-filler.html
http://www.fillerfund.com/latest.htm

Mulheres que acusam homens de estupro são protegidas com o anonimato legal. Os homens que são acusados de estupro são expostos e tem suas vidas destruídas antes de serem julgados ou as evidências serem checadas.

Um homem acusado de estupro é destruído logo de começo. Ele é exposto na mídia de uma forma impiedosa, tendo seu nome divulgado e sendo humilhado, separado de seus amigos e família, tirado do seu emprego, demonizado publicamente antes de qualquer ação legal ou as evidências do caso serem investigadas.

http://avoiceformen.com/2011/01/31/how-false-rape-allegations-destroyed-me-and-my-family/

As leis protegem a acusadora, tanto do escrutínio quanto da condenação do grande aumento no número de acusações falsas de estupro, e a total falta de consequências legais é praticamente um incentivo à acusação indiscriminada de qualquer homem a qualquer tempo por estupro.

http://www.ctv.ca/CTVNews/CTVNewsAt11/20001012/ctvnews76815/

As mulheres que são pegas fazendo falsas acusações levam apenas uma “bronca”, e a polícia fica alegando que coibir isto é “gasto desenecessáio de recursos”, sem se importar com a vida de homens que são destruídas por estas acusações – mesmo com tais acusações se provando falsas.

http://falserapesociety.blogspot.com/2010/12/false-sexual-assault-reports-strain.html
http://canal.bufalo.info/2011/12/falsa-acusacao-de-estupro-destruiu-a-vida-de-um-britanico/
A “caça as bruxas” contra os homens

Isto é um elemento proeminente na vida universitária americana. Eventos como vigílias e passeatas contra a violencia contra a mulher e contra o estupro não passam de uma caça aos homens que é feita ignorando totalmente as estatísticas e dados que demonstram que tais reclamações são exageradas. Também, eventos misândricos como “Vagina Monologues” e “Take back the night” são feitas inteiramente voltadas a promover o ódio contra o homem, mas tem o apoio hipócrita do sistema educacional e pela Polícia do Pensamento politicamente correta.
Justiçamentos

Departamento metropolitanos de polícia já deram seu aval endorsando e apoiando que cidadadãos ataquem homens baseados em acusações ainda não verificadas.

http://falserapesociety.blogspot.com/2011/03/philadelphia-sanctions-vigilante.html
http://www.courthousenews.com/2011/03/22/Zenquis.pdf
Listas Negras e Calúnias

Camapanhas sutis de calúnias, difamações e acusações criminosas são feitas contra pessoas que se levantam contra as injustiças criadas pelo sistema misândrico. Erin Prizey, criadora dos abrigos para mulheres vítimas de violência doméstica na Inglaterra foi expurgada através destas táticas de intimidação de seu próprio movimento por feministas radicais, somente por ter falado verdades inconvenientes.

http://canal.bufalo.info/2011/12/grande-parte-dos-casos-de-violencia-domestica-sao-reciprocos/

Campanhas organizadas para difamar homens e organizações que se recusam a aceitar as mentiras misândricas, com o intento de impedir que eles tenham alguma fonte de renda, estão acontecendo em todo a América.

http://www.lifesitenews.com/news/archive/ldn/2006/aug/060803
http://www.fact.on.ca/news/news0006/np000609.htm
http://tinyurl.com/3qddmb2
Condenações de assassinatos sendo aliviadas só porque a assassina é mulher
As cortes atualmente costumam fabricar desculpas para assassinas que mataram homens. Efetivamente isto significa uma legalização do assassinato quando a assassina é mulher e a vítma um homem.

http://avoiceformen.com/wp-content/uploads/2011/05/NB-case-fuels-debate-over-dv-1.pdf

E lembrem-se, esta é só uma pequena amostra do que acontece nos EUA e na Inglaterra!

O Estatuto da Diversidade Sexual e seus riscos



A legalização da pedofilia está em contagem regressiva



O Feminismo é uma conspiração

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Horóscopo Feminista

Horóscopo Feminista


ÁRIES - 21/03 a 20/04
Você é metida a honesta, sincera e se acha uma lider natural. O problema é que você faz tudo ao contrário e não consegue influenciar ninguém. Você gosta de chegar em um determinado lugar e "botar pra quebrar". Isso faz de você uma ignorante completa. Na verdade, você arruma confusão em todo lugar que passa, simplesmente porque você quer fazer as coisas do seu jeito nem que seja na base da porrada. O que você quer mesmo é o poder. Você quer chegar ao poder nem que tenha que foder com todos os homens à sua volta. A sorte dos outros signos do zodíaco é que você nunca consegue chegar ao poder. Falta inteligência! As profissões típicas da ariana: Puta, Maria Chuteira, Biscate profissional

TOURO- 21/04 a 20/05
Você é materialista e trabalha como uma condenada. As mulheres dos outros signos do zodíaco pensam que você é uma pão-dura, cabeça-dura, mão-de-vaca e estão certas. Além disso, você é uma teimosa desgraçada que faz só burrada na vida e continua fazendo, fazendo, fazendo... Você deve estar se perguntando...??
Por que eu trabalho tanto e só me fodo.??? A resposta é simples: Sua
cabeça-dura não deixa você enxergar um palmo além do seu nariz. Por isso
que você trabalha como uma condenada e nunca consegue subir na vida. Só leva
fumo, e graças a sua teimosia idiota, continua levando, levando, levando...

Profissões típicas da tourina: Faxineira, doméstica, catadora de papelão

GÊMEOS- 21/05 a 20/06
Você é uma falsa "duas caras" ,fofoqueira, mentirosa e uma grande
cara-de-pau. Você não é confiável. É sinistra. No trabalho, faz amizade com
todos como se fosse a melhor amiga e depois entrega todo
mundo para o chefe. Você é tão safada que ninguém desconfia de você. Você
gosta mesmo é de foder os outros, especialmente se for um homem ou uma mulher bonita, e depois ficar rindo da cara deles.
Você é uma galinha. Não tem nenhum conceito de moral e tem caráter duvidoso.
Além disso, todos consideram você uma canalha mal-resolvida.
Geminianas costumam ter muito sucesso para chifrar, e também no incesto, na
prostituição e na cafetinagem.

Profissões típicas da geminiana: Atriz (se for bonita), feminista militante, politica, prostituta

CÂNCER - 21/06 a 21/07
Você é uma chorona desgraçada. Os outros signos do zodíaco são obrigados
ficar agüentando você reclamar da sua vida. Você se acha solidária e
compreensiva com os problemas das outras pessoas, o que faz de você uma
baba-ovo puxa-saco. O que você quer mesmo é ficar "bem na fita". Você só
quer saber de se dar bem, custe o que custar, e acaba sempre ficando numa
boa, apesar de não valer nada. É na verdade uma canalha com
cara de santa. Quando pressionada você faz chantagem emocional. Chora e faz
da sua vida a pior de todas. Por isso, os outros signos do zodíaco nunca
desconfiam de você. E o pior é que todos gostam de você.

Profissões típicas da cenceriana: Cabeleireira, Manicure/Pedicure, Animadora
de Auditório


LEÃO - 22/07 a 22/08
Você se acha o máximo, uma líder natural. Isso é que você acha. Os outros
signos do zodíaco acham você uma idiota. A sua prepotência é insuportável
para os outros signos do zodíaco e até para você mesma. Você não passa de
uma baba-ovo, puxa-saco incompetente querendo se promover a todo custo. Quer
ter "status", ser a "rainha da cocada preta", mesmo sabendo que não tem
condição alguma de ser. Você quer ser a atenção
de todos. Como não tem inteligência nem sempre consegue. Daí a sua
agressividade. Gosta de botar todo mundo pra trabalhar pra você, enquanto
você mesma fica reclamando da vida sem fazer nada.

Profissões típicas do leonino: Sequestradoras, Diretoras, Ditadoras
emergentes.


VIRGEM - 23/08 a 22/09
Você é metida a perfeccionista, observadora e detalhista. Gosta de analisar
e gerenciar tudo. Essa sua maldita mania faz de você uma burocrata
insuportável. Você é uma bitolada e não tem nenhuma imaginação ou
criatividade. Gosta mesmo é de tomar conta da vida dos outros. Critica os
outros, "mete o pau" , mas não enxerga o próprio rabo.
Quando as pessoas dos outros signos do zodíaco preenchem aquele maldito
formulário de quinze vias carbonadas, de cinco cores diferentes, que devem
ser batidos à máquina, elas não tem dúvida... Só pode ser uma virginiana que
fez.

Profissões típicas da virginiana: Funcionária Pública, Montadora de
quebra-cabeças, Contadora de Clips.


LIBRA - 23/09 a 22/10
Você se acha equilibrada, idealista e justa. Parece sentir a necessidade de
>>proteger os outros e lutar contra as injustiças.
Na verdade, você pensa mesmo somente em si. Você é uma engomadinha metida.
Gosta de coisas sofisticadas e de alto nível, mas não passa de uma ignorante
desinformada. Nas conversas, quer falar sobre coisas de alto nível
intelectual como literatura e arte, e dificilmente entra em assuntos
polêmicos. Quer ser politicamente correta. Na realidade você é uma grande
"fazedora de média" puxa-saco baba-ovo. Isso esconde sua verdadeira cara.
Dessa forma, os outros signos do zodíaco nunca saberão seu real interesse,
que é foder os outros, principalmente se forem homens ou mulheres bonitas. Afinal, você é uma teimosa, ignorante e ambiciosa.

Profissões típicas do libriano: Advogada do diabo, Gerente de casa de
tolerância, Pastora Evangélica.


ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11 Você é a pior de todas. Você é desconfiada,
vingativa, obsessiva, rancorosa, vagabunda, fria, cruel, anti-ética, sem
caráter, traidora, orgulhosa, pessimista, racista, egoísta, materialista,
falsa, maliciosa, mentirosa, invejosa, cínica, ignorante, fofoqueira e
traiçoeira. Você é uma canalha completa. Só ama sua mãe e a si mesma. Aliás,
algumas de vocês não amam nem a mãe.
Você é imprestável e deveria ter vergonha de ter nascido. Escorpianas são
tiranas por natureza. São
ótimas militantes feministas do Femen. Seu único objetivo na Terra é foder os homens. E você tem um orgasmo quando consegue isso. Pelo bem dos outros
signos do zodíaco, as escorpianas deveriam ser todas exterminadas.

Profissões típicas dos escorpianos: Carrasca, Militante do Femen, Serial Killer.

SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12
Você é uma otimista e tem uma forte tendência em confiar na sorte. Isso é
bom para você, já que é imprudente, irresponsável, limitada e não possui
nenhum talento. Como não tem competência, sempre arruma uma forma de se
desculpar de suas burradas na vida. E sempre põe a culpa nos homens. Mas na
verdade você que é incompetente mesmo. Você é uma teimosa, ambiciosa e
metidinha. Na verdade, você é uma idiota fracassada. Além do mais, seu
conceito de ética e moral é limitado. Você é uma puxa-saco, galinha e gosta
mesmo é de sacanagem. Quando consegue alguma coisa na ! vida é sempre de
forma obscura.

Profissões típicas do sargitariano: Atriz pornô, Advogada do Diabo,
Bicheira.


CAPRICÓRNIO - 22/12 a 20/01
Você é metida a séria, conservadora e politicamente correta. Na verdade você
é uma materialista, falsa, ambiciosa e safada. Você tem uma tendência de ser
enrustida em tudo. Grandes lésbicas foram capricornianas. Você é fria,
não tem emoções e freqüentemente dorme enquanto está trepando. Você quer
manter as aparências. Quando encontra um "amigo", abraça, deseja tudo de
bom... mas na primeira oportunidade que tem executa a sangue frio. No fundo
você gosta mesmo é de foder os homens. Você nunca joga limpo e sua frieza
faz de você uma sanguinária completa. Mas que impo! rta? Se a grana está
entrando...
ótimo!

Profissões típicas do capricorniano: Banqueira, Agiota, Traficante.


AQUÁRIO - 21/01 a 19/02
Você provavelmente não é desse planeta. Tem uma mente inventiva e dirigida
para o progresso. Você mente e comete os mesmos erros repetidamente porque
é imbecil e teimosa. Você adora ser a "do contra". Pensa que tem opinião
formada sobre tudo. Na verdade, você é egoísta e gosta mesmo é de aparecer.
Mesmo que esteja entre um milhão de pessoas, você quer ser a diferente.
Você nunca segue os padrões. Isso faz de você uma metida nojenta. Você se
acha a moderninha. Acha que está a frente dos outros signos do zodíaco.Você
não tem nenhuma moral.Tem grande chance de ser garota de programa.

Profissões típicas do aquariano: Sindicalista, Estilista ou as duas coisas
ao mesmo tempo.


PEIXES - 20/02 a 20/03 > Você pensa que todo mundo é cabeça de bagre e só
você é a esperta. Se acha a mulher mais inteligente do zodíaco. Você tem a
maldita mania de achar que os outros signos do zodíaco precisam de sua
ajuda. Na verdade, você se acha superior e considera os outros signos do
zodíaco idiotas. Adora reprimir tudo e todos, impaciente, mal-educada e
fica dando conselhos fúteis aos outros. O que você faz mesmo é foder os homens que seguem seus conselhos idiotas. Você não passa de uma
desorganizada, não tem praticidade alguma e não sabe nem em que planeta
vive. Quando alguém te questiona, você recorre ao misticismo, uma vez que
sua inteligência é limitada. Piscinianas são ótimas macumbeiras ou sacerdotisas wicca. Na
verdade, você que é o cabeça de bagre.

Profissões típicas da pisciniana: Stripper, Vendedora de
enciclopédia, cartomante

O Agressor é quem Estabelece os Termos de Compromisso

O Agressor é quem Estabelece os Termos de Compromisso
Se uma entidade comete uma agressão contra você, você tem o direito de responder com uma agressão proporcional ou análoga. Assim, se Frank Jones atira pipoca em você, você tem direito a responder a este, proporcionalmente e analogamente, atirando pipoca nele. Se Frank joga pedras em você, você tem direito a responder a este, de forma proporcional e análoga, jogando pedras nele, ou proporcionalmente, em termos de violência, dando socos nele. E se Frank te ataca com força letal, você tem direito a responder a este, de forma proporcional ou análoga, com força letal de qualquer tipo.
Em poucas palavras: o agressor é quem estabelece os termos de compromisso.
O feminismo, como uma força social inovadora no mundo, tem feito o papel do agressor. Assim, o feminismo tem definido os termos de compromisso com todos aqueles que não são feministas. Estes últimos, por isso, têm o direito de responder à agressão feminista, proporcionalmente ou analogamente. E deveria ser um projeto permanente para catalogar as formas, modos e graus de agressão feminista. Desse modo, os modos de resposta, proporcionais ou análogos, podem ser formulados e postos em prática.

Translated by Charlton Heslich Hauer from: http://countersnippets.blogspot.com.br/2012/12/the-aggressor-sets-terms-

O Feminismo Não Pode Ser Chamado à Razão

O Feminismo Não Pode Ser Chamado à Razão

Por Fidelbogen

O feminismo, também conhecido como supremacismo feminino, é uma tendência que vai se revelar insustentável em longo prazo. Se for permitido a continuar, ele vai gerar um futuro de dor, calamidade, destroços humanos e colapso civilizacional. Eu suspeito que muitos de nós não gostariam de ver isso acontecer. Só sei que eu não gostaria.
O feminismo é uma doença mental que apodrece a capacidade humana de ver objetivamente os fatos tais quais eles realmente são. Cada membro da seita feminista é protegido por um campo de força comunitário de ignorância invencível que repele qualquer projétil de verdade (ou mesmo de qualquer dúvida razoável) do mundo exterior — e nenhuma combinação de argumento ou convencimento gentil nunca irá mudar isso! Então, se você não estiver familiarizado com a forma como o feminismo opera, aceite uma sugestão de quem já passou anos e anos, falando e falando com todo tipo de feminista que existe. Nós as conhecemos bem, sabemos que elas são incorrigíveis, e sabemos que elas nunca mudarão, até que uma força dinâmica externa obrigue-as a fazê-lo.
Assim, devemos considerar o feminismo da mesma forma como consideraríamos qualquer outra(o) lunática(o) perigosa(o) que não pode ser chamada(o) à razão, mas que deve ser presa(o) para o bem de todos. A questão não é se o feminismo deve ser posto para fora de cena, mas como. O imperativo por uma conduta rigorosamente ética é problematizado, mas rejeitamos o uso da violência física, a menos que a violência comece do lado das (os) feministas e então nos obrigue a responder de igual para igual. Mas é melhor deixar que elas/eles sejam os únicos a praticar a violência. Nossa tarefa é narrar o comportamento delas/deles para efeito de esclarecimento à posteridade.

__________
Fidelbogen. Feminism Cannot be Reasoned With. Tradução de Charlton Heslich Hauer. [s.1.]: CounterSnippets, 2012. Disponível em: <http://countersnippets.blogspot.com.br/2013/01/it-is-easier-to-describe-feminism-than.html>. Acesso em 12 mai 2013.

A Repugnante Coluna de um Repórter Misândrico

A Repugnante Coluna de um Repórter Misândrico

Por Charlton Heslich Hauer

O repórter e colunista, Fábio Linjardi, do Jornal O Diário, de Maringá-PR, publicou uma coluna mais do que lamentável. Antes de ler seu artigo, quero prevenir a todos que o que vocês irão ver é algo totalmente abominável e repugnante. Sempre houve preconceito, discriminação e o ódio contra os homens por parte da mídia. Mas o que antes era uma perseguição velada e subliminar, agora passou a ser explícita. Uma perseguição aos homens apenas pelo fato de terem nascido homens. Vamos ao deplorável texto:

‘Masculinismo’ é coisa de frouxo
Tremenda frescura esse tal de “masculismo”, versão para “homem”, entre aspas mesmo, do feminismo. O masculinismo foi lançado, dizem, por um grupo de caras que se cansaram de ser objetos, nossa, ui! Cabei de ler isso em uma matéria do Estadão.
Quando você ouvir um cara falando que “homem sofre”, ignore. É falta de homem na vida do autor da queixa, sem dúvidas.
Não é homofobia. Só não venha me dizer que homem é vítima de preconceito, que aí o papo é outro.
Homem é a pior desgraça da Terra. Somos nós que gostamos de dominar e ver o sangue espirrando. Nem é por maldade, é a natureza. Por isso quase todo marmanjo se exalta com as porradas no futebol e sorri satisfeito ao ver alguém perder os dentes no UFC.
Sim, deu emergência, navio afundando, é mulher e criança na frente. Porque espírito ruim igual o do homem não vai faltar nunca no planeta. Preservemos o que pode perpetuar a espécie, porque se dependesse de nós, homens, terminaria tudo em guerra – fim imbecil, mas divertido à beça.
Foi um dos textos mais preconceituosos e misândricos que eu já vi na vida. Infelizmente, o canal de comunicação O Diário é totalmente conivente com esse tipo de hediondo expediente antimasculino, pois, se assim não fosse, já teria demitido o repórter/colunista, ou, no mínimo, teria exigido que ele se retratasse. Como é um típico crime de ódio e preconceito contra sexo (ou “gênero”), praticado via internet, aqueles que se sentirem prejudicados podem denunciar a página à Polícia Federal clicando no site http://denuncia.pf.gov.br/, em seguida, clicando no link Crimes de Ódio. Lá você coloca a URL do texto e faz um comentário a respeito pedindo providências.
O que mais me chamou a atenção no autor não foi a sua rasa, preconceituosa e alienada visão sobre o que seja Masculinismo. O que mais me preocupou foi o seu ódio e sua profunda hostilidade para com os homens, ratificados através de frases completamente assombrosas, misândricas e odiosas, como:
Quando você ouvir um cara falando que “homem sofre”, ignore. É falta de homem na vida do autor da queixa, sem dúvidas.
Só não venha me dizer que homem é vítima de preconceito,
Homem é a pior desgraça da Terra. Somos nós que gostamos de dominar e ver o sangue espirrando.
se dependesse de nós, homens, terminaria tudo em guerra
Toda pessoa, por mais alienada que seja, consegue perceber que o sofrimento é uma constante na vida do ser humano. A dor é inerente a todo ser humano. Mas o Fábio Linjardi realmente crê que os homens são o sexo imune à dor e ao sofrimento. E o repórter ainda zomba disso. Ele diz não ter dúvidas de que qualquer sofrimento dos homens é algo mentiroso, e que, além disso, qualquer indício nesse sentido, na verdade, seja uma falta de homem na vida desses homens. Sua frase maldosa deixa muitas coisas nas entrelinhas. Como os homens heterossexuais não se identificam com a orientação sexual dos homossexuais, a sua tentativa é de causar um constrangimento nos homens. Tudo isso com o objetivo de cooptar os homens a não reclamar de nada, não pedir ajuda, não suplicar e aceitar toda e qualquer discriminação passivamente. Seu “maquiavelismo” é digno de um “óscar feminista”. Quando ele usa o imperativo para que se ignore o sofrimento dos homens, ele está pedindo que ajamos assim diante de todo e qualquer sofrimento das crianças, adolescentes, adultos e idosos do sexo masculino. O que ele diz é de uma falta de sensibilidade tão grande que chega a nos causar asco.
Em seguida, ele, completamente alheio à realidade, nega que haja qualquer tipo de preconceito ou discriminação contra os Homens e Meninos. Ele não vê que o próprio texto dele é só mais uma prova de que existem inúmeros preconceitos e discriminações generalizadas a todos os homens. Eu, visando uma possível conscientização do próprio autor, expus lá em sua coluna, por meio de comentários, algumas evidências de que os homens são discriminados e que são vitimados por preconceitos. Vejamos:
Dos 50.000 assassinatos por ano no Brasil, mais de 90% dos vitimados são homens, ou seja, morrem assassinados por ano mais de 45.000 homens. Homens são as maiores vítimas de câncer (77%). Desses 77%, 85% são fatais. Infelizmente, de forma absurdamente desproporcional e discriminatória, os Governos investem enormemente mais em propaganda, planejamento, pesquisa e tratamento dos cânceres femininos, como o de mama, por exemplo.
Homens são os maiores vitimados por suicídio. Possuem menor expectativa de vida. A maioria esmagadora dos mendigos e dos sem-teto são homens. Homens são, verdadeiramente, os maiores vitimados por violência doméstica. São minoria nas escolas e universidades. São os maiores vitimados por mortes no serviço. Contribuem mais com a previdência, se aposentam depois, morrem antes, e usufruem menos. Sofrem mais preconceito e discriminação dos Governos e dos políticos (que só agem em benefício das mulheres e em detrimentos dos homens). São os únicos obrigados a se alistarem para as Forças Armadas. São discriminados e mais severamente tratados pelo sistema legal. São retratados com discriminação e ódio pela mídia, como exemplos, além do texto dele: quando um homem se comporta mal, a mídia sempre trata o homem como agressor, por exemplo: “dois homens assaltam uma loja...” ou, por exemplo, “um homem mata...”. Mas quando o homem á a vítima, a mídia retrata o homem como uma profissão, como: “um funcionário da empresa tal é assassinado pela mulher...” ou “um policial morre em confronto com...”. Nas telenovelas, desenhos animados, homens são sempre tratados com preconceito e discriminação, etc.
Homens são os principais vitimados por alienação parental. São os principais vitimados por abandono familiar. Enfim, eu poderia ficar aqui falando dias e dias sobre as eternas discriminações e sobre o ETERNO DESDÉM QUE A VIDA DE TODOS OS HOMENS SOFRE POR PARTE DE TODA A SOCIEDADE. Homens sempre foram obrigados (até hoje) aos trabalhos mais desumanos e insanos. Em toda a história da humanidade, a vida do homem sempre foi descartável. Foi considerada como de menor valor que a da mulher (vide o histórico lema “mulheres e crianças, primeiro”).
Talvez com isso ele perceba que há mais evidências do que o suficiente para entender que, não só os homens são discriminados, como são OS MAIS discriminados.
Talvez para ele isso não seja suficiente. Talvez sua misandria esteja mesmo arraigada. Talvez seja esse o motivo de ele ainda ter a coragem de fazer esse comentário (em meio a tantos outros criticando o texto dele):
“Tá dando acesso! Massa!”
Quando o autor diz isso, é como se ele estivesse querendo dizer: “que se danem os homens. Que sejam até assassinados. Se as pessoas estiverem acessando minha coluna, e eu estiver ganhando fama, apoio das mulheres, ou mesmo não sendo criticado por elas, em face de sua omissão, é o que importa”.
Ele, talvez num lapso de arrependimento, tentou minimizar a situação desdenhando-a, respondendo a alguns comentários dessa forma:
“quanto drama” ou “você não tem humor”.
É como se ele quisesse que os judeus também desdenhassem e levassem pelo lado jocoso a idéia das nazistas e dos nazistas de terem os judeus como escória.
E as frases que mais causaram tristeza, sobretudo porque foram ditas por alguém do próprio sexo masculino, foram as seguintes:
Homem é a pior desgraça da Terra. Somos nós que gostamos de dominar e ver o sangue espirrando.
se dependesse de nós, homens, terminaria tudo em guerra
Quanta generalização burra, injusta e repugnante. Eu fico imaginando se ele, em vez de dizer que “homem é a pior desgraça da terra”, tivesse dito “mulher é a pior desgraça da Terra”, ou “negro é a pior desgraça da Terra”, ou “gay é a pior desgraça da Terra”. Com certeza, se ele tivesse dito qualquer uma dessas coisas, teria sido demitido, de imediato, e já teria sido preso.
O que ele diz é justamente semelhante ao que os nazistas diziam dos judeus, já décadas antes do holocausto.
Ele não consegue entender que textos como esse, só fomentam mais ódio contra os homens e mais desdém à vida deles. Alimentam a hostilidade contra eles. Não consegue perceber que essa retratação desumana só incentiva o poder público a agir mais dura e injustamente contra todos os homens.
Uma pessoa que diz que “Homem é a pior desgraça da Terra”, demonstra que não gosta nem do próprio pai, nem de um filho (se o tiver) e nem de si mesmo.
Eu lamento profundamente… profuuunndamente que ele tenha se enveredado por esse caminho — o do ódio contra os homens e o de vender seu próprio sexo em troca de… sabe lá o que. Aí eu me pergunto, por quê? Por que motivo ele faz um texto como esses, culpando todo um sexo por tudo? Será que é uma exigência de sua redatora-chefe feminista? Será que é para conseguir aplauso das mulheres? Será que ele está ganhando dinheiro de organizações feministas? Será que é porque ele esteja tão alienado pela própria mídia, a mesma mídia que nunca faz uma retratação mais verdadeira e mais sensível dos homens, mas sim, só trabalha retratando os homens, diariamente, de forma desumanizante? Será que a misandria já está tão generalizada e arraigada na sociedade, a ponto das pessoas terem que demonstrar mais misandria para se tornarem mais “iguais” às outras? Enfim...

Fonte: http://maringa.odiario.com/blogs/linjardi/2012/05/07/masculinismo-e-coisa-de-frouxo/

Mulher Corta Pênis de Homem e Mulheres Festejam o Crime


Monstruosidade Doméstica: Mulher Corta Pênis de Homem, e Centenas de Pessoas, sobretudo Mulheres, Festejam o Crime!

Por Charlton Heslich Hauer

Cultura do Ódio ao Sexo Masculino: Vejamos esta matéria que saiu no portal G1 sobre um crime mais do que hediondo. E tão triste quanto o crime em si é vermos centenas e centenas de pessoas, principalmente mulheres, aplaudindo o crime, apoiando e defendendo a mulher criminosa, zombando e tripudiando do homem vitimado, e afirmando que fariam o mesmo.

Homem tem pênis cortado por esposa após ser flagrado com outro rapaz
Vítima chegou a ser atendida, mas o órgão não pôde ser reimplantado.
Caso ocorreu em Santos, no litoral de São Paulo.
Do G1 Santos

Um homem de 28 anos teve o pênis decepado pela própria esposa em Santos, no litoral de São Paulo, após ser flagrado na cama tendo relações sexuais com um outro homem. A vítima chegou a ser atendida em uma unidade de saúde da cidade, mas o órgão não pôde ser reimplantado.
Segundo testemunhas, a mulher viu o marido a traindo com um rapaz, mas não falou nada na hora, já que ele não percebeu o flagrante. Dias depois, para se vingar, ela propôs uma fantasia ao homem e o amarrou na cama do casal. Com ele imobilizado, a esposa traída cortou o pênis do companheiro com uma faca serrilhada.
A vítima foi encaminhada para uma unidade de Saúde de Santos, mas o órgão sexual não pôde ser reimplantado. O paciente não corre risco de morte e está utilizando uma sonda. A equipe médica ainda analisa o caso para definir qual o procedimento cirúrgico a ser adotado.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2013/08/homem-tem-penis-cortado-por-mulher-apos-ser-flagrado-com-outro-homem.html


E vejamos abaixo alguns dos inúmeros comentários lamentáveis, abomináveis, lastimosos, deploráveis, revoltantes, enojadores, detestáveis, monstruosos, feitos (na página da matéria acima) por pessoas que são dignas de pena, tamanha a doença e a miséria moral que carregam dentro de si; tamanho o ódio mortal e o desprezo que sentem pela vida dos seres humanos do sexo masculino:



Clique em cada imagem para ampliá-la



















































A maioria esmagadora das mulheres que se manifestaram apoiaram o crime. E fizeram isso por possuírem uma imensurável aversão psicológica enraizada contra o sexo masculino. Parte se deve à doutrinação feminista que receberam durante décadas e à cumplicidade de duas forças bestiais: o Estado e a mídia.

As mulheres em sua grande maioria são vitimistas; reduzem tudo a primitivismo preto- e-branco: é o "gênero" delas o único que importa; o dos homens, não. Elas consideram o seu gênero o único bom e sempre inocente; já os homens, seriam ruins e previamente culpados. Tudo o que for bom apenas para elas é o que importa; danem-se os homens para elas.

As mulheres foram levadas a se considerarem injustiçadas, quaisquer que fossem os fatos. O Essencialismo Maniqueísta está em seus DNAs.

Quanto mais privilégios e poder a sociedade concede a elas, mais elas querem. São como dependentes químicos viciados(as) em drogas.

As mulheres, sobretudo as feministas, sabem que suas opiniões são superestimadas e supremas. Sabem que essas opiniões podem virar estatísticas que posteriormente quase sempre se transformam em leis que as privilegiam (ilegitimamente, diga-se). Quando as mulheres defendem mulheres criminosas, elas estão querendo o aval para poder cometer os mesmos crimes. Elas querem o poder para fazer o que quiserem. São o empoderamento, a autonomia total e a inconcebível liberdade irrestrita, os seus objetivos.

Como podemos ver também, lamentavelmente muitos homens apoiaram, zombaram ou desdenharam a vida do homem vitimado. Grande parte disso também se deve à enorme aversão psicológica enraizada que possuem contra o próprio sexo masculino. A Misandria e o Ginocentrismo histórico sempre doutrinaram os homens a querer proteger as mulheres dos homens, e agora, com o controle do Estado e da opinião pública por feministas, essa aversão, desprezo e ódio de "si mesmos" atingiram níveis exponenciais.

Outro grande motivo sobre a maneira da qual eles se comportaram é que estão sendo cada vez mais doutrinados a viver na esperança de ganhar favores e atenção das mulheres, mesmo que para isso tenham que vender o seu próprio sexo, e portanto, venderem-se a si próprios. Mesmo que para isso sejam oferecidos como sacrifício. O que esses homens precisam entender é que quando eles agem dessa maneira, apoiando ao invés de combater tais expedientes, estão dando o aval para que futuramente até eles também, como homens que são, sejam os próximos vitimados.

O que também muito nos deixa triste é que esse tipo de reação da massa não é algo pontual ou isolado. Tanto os crimes cometidos impunemente por mulheres contra homens, quanto o apoio da grande massa a esses mesmos crimes, são uma constante no Brasil e em diversos países do mundo inteiro, como nos EUA:

Só é sexismo quando os homens fazem

O que eu tenho visto em todos estes anos, e que qualquer pessoa pode comprovar por si própria, é que sempre que uma mulher comete uma infração penal contra um homem, a imensa maioria esmagadora das pessoas que se manifestam (não só aquelas que se identificam como feministas) sempre o faz no sentido de tentar justificar e absolver a mulher. Tentam tirar, desvalorizar ou ignorar qualquer responsabilidade da mulher criminosa, além de tratar o homem, não como verdadeiro vitimado que é, mas sim, como culpado pelo próprio crime que sofreu.

Um detalhe que precisa ser exposto: o homem vitimado, apesar de casado com a mulher, era homossexual, já que estava tendo relações sexuais com outro homem. Uma pergunta que faço aos meus leitores: por que será que dessa vez esse homem não teve as condolências da maioria das pessoas que lá comentou? Ora, por se tratar de alguém que faz parte de um grupo que tem o apoio do "politicamente correto", digamos assim, era de se esperar que tivesse o amparo da maioria das pessoas, mas não foi isso que aconteceu. Também ninguém falou em homofobia. E sabem por quê? Porque foi um crime de uma mulher contra alguém do sexo masculino. São o supremacismo feminino e a misandria os pensamentos dominantes da nossa sociedade.

Se a mulher agride um homem ou até mesmo o mata, dizem por aí afora: "oh, coitada, ela não merece punição, já que ela vinha sendo agredida". Ou então: "oh, coitada, ela vinha sendo ameaçada". Toda ação feminina contra alguém do sexo masculino, por mais monstruosa que seja, está se transformando em algo inquestionável, e não importa a orientação sexual do homem vitimado.

De forma diametralmente oposta, quando um homem comporta-se mal com uma mulher, não lhe é permitido dizer que um comportamento dessa mulher é fator justificativo. Basta vermos a reação das pessoas a qualquer notícia envolvendo um mau comportamento de um homem para com uma mulher. A maioria delas quer pena máxima e/ou a morte desse mesmo homem, não importa qual tenha sido a ação do homem.

Há um crescente pensamento na sociedade, que está se transformando em paradigma cultural supremacista feminino, no sentido de que as mulheres podem fazer "justiça" com as próprias mãos contra os homens, e da forma mais desproporcional que elas quiserem. Qualquer que seja o comportamento inadequado do homem, até mesmo a mínima das mínimas ofensas dirigidas à mulher, isso se transforma num motivo para a mulher até mutilar ou matar esse homem, e com o total sustentáculo da sociedade. Portanto, há um feedback entre comportamento criminoso da mulher e a sociedade que a apóia.

É como se os Homens de hoje fossem os "novos judeus"!

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...