Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Feminismo ao estilo chinês


Feminismo ao estilo chinês

por Barão Kageyama

Não deixe de ouvir a Décima terceira edição do Jornal da Real!



por W. F. Price, do The-Spearhead.com
Esses dias eu dei de cara com um artigo hilário no New York Times, onde uma feminista americana típica comentava um material publicado pela Federação Chinesa de Mulheres. Mesmo que a federação seja supostamente feminista, o conselho dado por eles parece que veio diretamente de sites como os nossos. Talvez alguém do ministério da cultura da China está lendo o que acontece por estas bandas…
Em 2007, a Federação Chinesa de Mulheres definiu as mulheres “solteironas” (sheng nu) como mulheres que não se casaram até os 27 anos de idade e o ministério da educação chinês adicionou este termo oficialmente nos dicionários. A partir daí, o site da Federação começou a publicar artigos estigmatizando mulheres com ensino superior que ainda são solteiras.
Veja este trecho de uma coluna que foi publicada em março de 2011 que saiu logo depois do dia internacional das mulheres: (NT: excelente maneira de homenagear as mulheres. O governo federal deveria pensar nisso hahaha!)
Mulheres bonitas não precisam de muito estudo para se casar com um homem rico e poderoso, mas mulheres com aparência mediana ou feia provavelmente terão dificuldades. Tais mulheres acreditam que elevando seu nível educacional poderá melhorar seu poder de barganha. A tragédia é que elas não percebem que a cada vez mais que elas se especializam com doutorados e mestrados, elas vão perdendo cada vez mais o seu valor, e quando elas finalmente terminam os estudos elas já estão velhas, como uma pérola amarelada pelo tempo.
Agora imaginem uma agência do governo dizendo isto. É algo impensável, mas mesmo assim foi publicado na China, bem durante o Dia Internacional da Mulher. É claro, isto é totalmente verdadeiro! Uma das coisas que eu adoro nos chineses é sua habilidade de ignorar todo o besteirol politicamente correto quando vão resolver seus problemas. A transparência é algo que eles pecam em muito, mas em compensação neste campo eles nos vencem com as mãos amarradas nas costas.
Mais dos chineses:
Muitas “solteironas” com alto nível educacional são muito progressistas e gostam de ir em boates para buscar sexo casual, ou virarem amantes de algum oficial de alto nível ou de um homem rico. E apenas quando elas perderam a sua beleza e são ignoradas por estes homens que elas decidem ir atrás de um marido. Assim sendo, a maioria destas “solteironas” não são dignas de nossa simpatia.

[...]

A razão principal para que muitas mulheres se tornem “solteironas” é que seus padrões são muito altos… Para mulheres que não são tão exigentes, encontrar um parceiro é tão fácil quanto soprar um punhado de poeira.

[...]

Quando elas procuram um homem, elas dizem que ele tem que ser rico e inteligente, romântico e trabalhador… mas isto é pedir demais. Será que elas acham que o homem perfeito existe? Talvez ele até exista, mas porque diabos ele se casaria com você? (NT: sério! Esses chinas são demais!)
Eu simplesmente amei esta última parte. Um verdadeiro balde de água fria nessas metidas a fãs do 50 tons de cinza.
O comentário feminista do NY Times é aquela reclamação típica delas, então não há razão para publicá-lo aqui. Resumindo, ela está indignada com isso. Quanta surpresa…
O objetivo do governo chinês para incentivar mulheres com bom nível educacional a terem filhos é para “melhorar a qualidade da população”, e isto será algo bem complicado de se fazer. Entretanto, quando você compara o que eles fazem com o que nós fazemos aqui nos EUA, que encoraja cada vez mais a destruição da família tradicional, eu acredito que eles irão nos superar em algum tempo. A não ser, é claro, que nós mudemos radicalmente o curso das coisas em uma geração ou duas. Eu não conto com isso, mas não custa ter esperanças.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2012/10/13/feminism-chinese-style/

Comentário do Barão: uma dúvida… será que o pessoal do governo chinês é bem versado em Nessahan Alita e não sabemos? Bem, pelo menos eles parecem ler os sites que eu traduzo aqui. Para uma cópia de Nessahan ter chegado neles via algum diplomata ou representante comercial brasileiro não é algo que seja tão absurdo assim de pensar…

Quem diria!

Fonte: http://canal.bufalo.info/2012/10/feminismo-ao-estilo-chines/#.UIGz34XhO3

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...