Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Ribeirão Preto recebe a Marcha das Vadias neste sábado

Ribeirão Preto recebe a Marcha das Vadias neste sábado
Tamanho da letra: A- A+

Fonte: Ribeirão Preto Online

Acontece neste sábado (28), às 10h, em Ribeirão Preto, a primeira Marcha das Vadias. O movimento é um protesto contra a violência às mulheres e conta com a participação de diversas entidades, como o Coletivo Feminista Capitu, fundado por graduandas da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP (Universidade de São Paulo).
Faz parte das reivindicações da Marcha uma política pública e integral de atenção à saúde da mulher. Entre elas, a descriminalização e legalização do aborto, igualdade de salários e condições de trabalho para homens e mulheres, fim da violência obstétrica e autonomia da mulher para parir da forma como ela quiser, criminalização da homofobia e da transfobia.
Pedem ainda uma “Delegacia da Mulher humanizada”, funcionando 24 horas, e ações que previnam a violência contra a mulher, educando os homens agressores e informando as mulheres acerca de seus direitos.
Após a concentração, os manifestantes sairão em marcha da esplanada do Theatro Pedro II, que fica na rua Álvares Cabral, 370, no centro da cidade, às 11h. No local, além da concentração e da manifestação, haverá rodas de conversa feminista, batucada e intervenções artísticas, a partir das 14h.

História

A Marcha das Vadias recebeu esse nome após uma onda de estupros na Universidade de Toronto, no Canadá, em janeiro de 2011. Um policial convidado para orientar sobre segurança disse que as mulheres poderiam evitar o estupro se "não se vestissem como vadias". A fala, que coloca a mulher como culpada pela agressão, gerou muita indignação e a primeira Marcha das Vadias. O movimento se espalhou pelo mundo, com o caráter de denunciar a violência contra a mulher e a atribuição da culpa à vítima.

Nosso comentário: Às vezes eu fico desanimado nesse combate solitário contra toda essa estrutura ginocentrista da sociedade. É uma verdadeira Matrix isso que estamos vivendo, porque o feminismo é a ideologia dominante no mundo; mas mesmo assim, elas continuam se fingindo de vítimas e continuam mentindo dizendo que o Patriarcado Machista as oprime. Mas então eu leio uma noticia dessas: As feministas continuam insistindo com essas Marchas das Vadias. Ai eu me reanimo, porque isso prova que as feministas são completamente desprovidas de inteligência, bom senso e não conhecem nem os mais simples rudimentos de estratégia e guerra psicológica. As feministas são como aquelas galinhas na beira das rodovias, que de todas as direções possiveis para correr, escolhem justamente aquela que é a pior de todas: as rodas dos carros em movimento.




Enviei na data de hoje: 26/09/2013, por fax, um oficio para a Policia de Ribeirão Preto. Segue abaixo a transcrição do referido oficio que eu enviei:

Ofício N°01/13/Feminismo Diabólico

Aquidauana - MS, 26 de setembro de 2013.

A.
Polícia Militar do Estado de São Paulo,
Polícia Civil do Estado de São Paulo,
Secretaria de Segurança Publica de Ribeirão Preto - SP
Imprensa

Excelentíssimas autoridades, Imprensa,

Infelizmente a cidade de Ribeirão Preto será testemunha de um dos atos mais abomináveis e criminosos que se tem notícia. Está marcada para sábado (28) de setembro de 2013, às 10h, em Ribeirão Preto, a primeira Marcha das Vadias. As Vadias feministas sairão em marcha da esplanada do Theatro Pedro II, que fica na rua Álvares Cabral, 370, no centro da cidade, às 11h. No local, além da concentração e da manifestação, haverá rodas de conversa feminista, batucada e intervenções artísticas, a partir das 14h. As feministas são notórias mestres do eufemismo. Elas chamaram de “intervenção artística” as violações e os crimes contra o sentimento religioso que as feministas da Marcha das Vadias cometeram na cidade do Rio de Janeiro, durante a visita do Papa. A notícia referente à Marcha das Vadias de Ribeirão Preto está no site: http://www.ribeiraopretoonline.com.br/noticias/ribeirao-preto-recebe-a-marcha-das-vadias-neste-sabado/72102
Essas manifestações feministas são eivadas de violações aos direitos religiosos, atentado ao pudor (com mulheres nuas no meio da rua), desrespeito sistemático aos direitos fundamentais da população. Basta os senhores pesquisarem na internet sobre as violações feitas pela Marcha das Vadias do Rio de Janeiro contra os símbolos religiosos católicos, onde as feministas destruíram crucifixos no meio da rua, enfiaram estátuas e crucifixos no ânus no meio da rua, na frente de centenas de pessoas, havendo inclusive várias fotos e vídeos provando as referidas violações.
Mesmo após a repercussão negativa na imprensa dessa “performance” da Marcha das Vadias do Rio de Janeiro, a Marcha das Vadias de João Pessoa na Paraíba repetiu o feito e queimou um boneco representando a jornalista do SBT Rachel Sheerazade. Ou seja, essas feministas das Marchas das Vadias são reincidentes em seus crimes e os repetem continuamente em todas as suas manifestações. Por esses motivos, tendo fundado receio de que tais violações voltem a ocorrer na Marcha das Vadias de Ribeirão Preto, venho, por meio deste, solicitar que as autoridades policiais enviem reforços aos locais e horários em que está previsto ocorrerem as famigeradas Marchas para aplicarem a lei e prenderem as desordeiras que porventura cometam infrações.
Fundamento-me nos seguintes artigos do nosso ordenamento jurídico:
Código Penal:
Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
Pena – detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa."

Art. 233 – Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público:
Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa.
.......
Lei 7.716/89
Art. 1º
Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, RELIGIÃO ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)
Art. 20.
Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, RELIGIÃO ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97) Pena: reclusão de um a três anos e multa
.........
Constituição Federal:
Art.5º, inciso VI - É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias
Atenciosamente,


Chrístoffer Yuri Barbosa Greffe Rodrigues
Proprietário do Site Feminismo Diabólico
feminismodiabolico.blogspot.com.br


Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...