Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Grandes empresas também nascem na garagem

Grandes empresas também nascem na garagem

Conheça as histórias de gigantes internacionais que começaram no dormitório da universidade ou na garagem, com poucos bens, muito talento e uma gigantesca vontade de acertar Da Redação

Amazon.com
Em 1994, quando a internet ainda engatinhava, o analista financeiro Jeffrey Bezos, então com 30 anos, acreditava que a web seria algo popular, que mudaria os paradigmas do mundo dos negócios. Ele achava que a rede se transformaria num excelente canal de vendas para qualquer produto, inclusive livros. Deixou, então, um bom emprego em Wall Street e mudou-se para Seattle, próximo a uma grande distribuidora de livros, e fundou a Amazon, na garagem de casa. Hoje, a empresa fatura US$ 7 bilhões de dólares por ano e atende mais de 40 milhões de pessoas em todo o mundo.

Apple
Seus fundadores, Steve Jobs e Stephen Wozniak, venderam uma Kombi e uma calculadora científica, suas maiores posses, para reunir capital e montar os primeiros computadores pessoais que o mundo conheceu. Isso em 1976, quando os computadores de grande porte dominavam o mercado. A dupla virou muitas madrugadas trabalhando enfurnada na garagem. Hoje, a Apple, dona do iPod, do iTunes e do iPhone, fatura mais de US$ 6 bilhões ao ano.


Dell Computers
Michael Dell fundou sua empresa em 1984, quando tinha 19 anos e míseros US$ 1.000 no bolso. Começou a vender os computadores que ele mesmo montava em seu dormitório na Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Fatura mais de US$ 30 milhões por ano.
Michael Dell fundou sua empresa em 1984, quando tinha 19 anos e míseros US$ 1.000 no bolso. Começou a vender os computadores que ele mesmo montava em seu dormitório na Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Fatura mais de US$ 30 milhões por ano.

Facebook
Em 2004, Mark Zuckerberg, então estudante da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, criou um site para que seus colegas colocassem fotos e trocassem informações. O que parecia despretensioso em pouco tempo se tornou sensação. O Facebook, site montado no dormitório da faculdade, hoje conta com mais de 49 milhões de usuários, 250.000 novos registros por dia e vale US$ 15 bilhões.



Google
A história do Google começa em 1995 com a criação de um sistema chamado BackRub por dois estudantes de doutorado de ciência da computação: Sergey Brin, russo, 23 anos, e Larry Page, americano, 24 anos. O BackRub ganhou aperfeiçoamentos e gerou, em 1998, o Google e a empresa Google Inc. Quando isso aconteceu, a dupla deixou os dormitórios da Universidade de Stanford e foi se alojar na casa de uma amiga. Hoje, o faturamento da empresa passa dos US$ 3,2 bilhões ao ano.


HP
Bill Hewlett e Dave Packard iniciaram, em 1939, na garagem da casa de número 367 da Addison Avenue, em Palo Alto, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, a HP. O negócio começou com um capital de US$ 500 e a produção de instrumentos de medição. Hoje fatura mais de US$ 100 bilhões ao ano e está presente em mais de 130 países.



Microsoft
Em 1975, o trio Bill Gates, Paul Allen e Steve Ballmer, estudantes de Harvard, desenvolveu uma nova versão para substituir a linguagem Basic, que de básica não tinha nada. Era o início da Microsoft. Em 1985, eles assinaram um acordo com a IBM para o desenvolvimento do sistema operacional Windows. De lá para cá, já foram mais de centenas de softwares desenvolvidos e, hoje, faturam mais de US$ 50 bilhões ao ano.

Sony
Foi com uma oficina de fundo de quintal que Akio Morita, presidente da Sony, mudou o panorama empresarial do Japão. Ele e Masaru Ibuka criaram uma companhia de telecomunicações, o embrião da Sony, trabalhando nas ruínas de uma loja de departamentos de Tóquio no pós-guerra. O primeiro salto ocorreu quando Morita convenceu a americana Bell Laboratories a licenciar à sua minúscula companhia a tecnologia para fabricar transistores. Foi assim que a Sony fabricou o primeiro rádio transistorizado no Japão. A fixação por miniaturas fez Morita lançar em 1979 o primeiro walkman. Nenhuma pesquisa indicava que as pessoas queriam um radinho com fones de ouvido, mas Morita levou milhões de pessoas a acreditar que não podiam mais viver sem o aparelho.

YouTube
Eis outra garagem famosa, essa em São Francisco, nos Estados Unidos. Corria o ano de 2005, fevereiro, mais precisamente, quando a dupla Chad Hurley e Steve Chen, então com 27 e 25 anos, respectivamente, criou um programa de computador para dividir vídeos com os amigos. Cerca de 20 meses depois, a invenção foi comprada por US$ 1,65 bilhão pelo Google.

Fonte: http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI86581-17191,00-GRANDES+EMPRESAS+TAMBEM+NASCEM+NA+GARAGEM.html

Nosso comentário: Aqui no Brasil também é possivel começar muitas empresas na garagem da própria casa. Mas nunca uma empresa brasileira começada assim chegará ao topo como as empresas americanas acima, porque o Brasil nunca é a vanguarda da tecnologia, nosso país desperdiça o dinheiro publico em Universidades Federais que só ficam fazendo propaganda ideológica esquerdista, comunista e feminista. Por essa razão, o Brasil jamais patenteia novos produtos ou novas tecnologias e, por isso, nunca poderá ter as altas taxas de lucros que as gigantes americanas têm, já que como elas são as detentoras das patentes, elas têm um produto que só elas podem vender e assim, dominar o mercado. Esse foi o segredo da prosperidade americana. O Brasil só copia, só imita o que os EUA inventam. Mas mesmo assim, é possivel empreender no Brasil; mas nunca chegaremos ao nivel de sucesso dos gigantes americanos; mas com certeza é possivel ganhar muito dinheiro aqui no Brasil também, basta nos lembrarmos do Exemplo do Silvio Santos, do Samuel Klein das Casas Bahia, do recentemente falecido Abrahan Kasinsky, do Eike Batista. Não é fácil, mas não é impossivel. E lembre-se: Mulher gosta de homem rico, então, se você precisar de um estimulo a mais para sair em busca do sucesso, compre uma playboy e cole o poster da mais gata na sua parede para se motivar. hehehe

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...